No próximo dia 26/09, será votado no Senado o Projeto de Lei da Câmara 152/2015, que concede o porte de armas de fogo para agentes de trânsito. O projeto foi proposto pelo ex-deputado federal Tadeu Filippelli (PMDB), preso em maio deste ano por suspeitas de desvios em obras para a Copa de 2014.
Se for aprovado, o PLC representaria mais um enorme retrocesso na política de controle de armas: assim, como já acontece com as armas das policiais e das empresas de segurança privada, estas serão mais armas com potencial para serem desviadas para o crime!
Agentes de trânsito são funcionários administrativos, sem treinamento para o uso de armas. Além disso, eles são, em sua imensa maioria, vinculados às milhares de prefeituras espalhadas pelo país. Estes órgãos, de diferentes tamanhos e capacidade de recursos, terão imensa dificuldade em controlar esses arsenais bélicos e supervisionar o uso de armas pelos agentes de trânsito.
Se profissionais da segurança pública como policiais, treinados para o uso de armas de fogo, são vitimados em grandes proporções ao reagirem armados a agressões, certamente as armas não ajudarão os agentes de trânsito, que exercem uma função administrativa.
Precisamos impedir já a aprovação do PLC 152/2015, que colocará mais armas nas ruas, aumentando o número de desvios para o crime. Temos uma semana para entupir a caixa de emails dos senadores e das senadoras contra esse projeto de lei e o descontrole. Envie sua mensagem agora!

Mostre que você é contra o PLC 152/2015

Quem você vai pressionar (81 alvos)

0
emails enviados!

POR QUE SOMOS CONTRA O PLC 152/2015?
Grande parte das armas desviadas para o crime nasce de uma origem legal:
Além disso, o porte de armas não significa que a segurança dos agentes de trânsito vai melhorar:
MITOS E VERDADES
PRESSIONE AGORA!
REALIZAÇÃO
Para saber mais sobre essa campanha, conferir
os materiais gráficos e dados sobre o controle
de armas, acesse: DESCONTROLE.ORG.BR